Que perguntas surgem ao reparar um apartamento?

Respondendo a primeira pergunta, podemos dizer que ao abordar o designer, você receberá novas idéias, um conjunto de desenhos e descobrir qual será o resultado. Mas, por outro lado: em primeiro lugar, o designer deve pagar, em segundo lugar, nem todos os designers são verdadeiramente designers, e em terceiro lugar, os desenhos nem sempre correspondem à realidade. Então, se você tem dinheiro suficiente, então você pode usar os serviços de um designer. Mas há muitas maneiras de mudar sua casa sem seus serviços. O principal é que você tem um plano (desenho, desenho) no qual sua futura sala será representada.

Voltando à segunda questão, deve-se notar que, no momento, há uma enorme variedade de ofertas no mercado: de grandes construtoras a equipes comuns de construtores autodidatas. Uma boa construtora sempre oferece excelentes serviços, mas, como sempre, valem o dinheiro. Com o resto das organizações, às vezes não é necessário. Se você tiver sorte, o preço corresponderá à qualidade. Então, escolhendo aqueles que vão mudar a sua casa, leia atentamente o portfólio e os preços, leia as recomendações e críticas, e também apenas olhe para os construtores (nem sempre a aparência é enganosa).

E aqui estamos mais próximos da questão mais interessante: como evitar despesas imprevistas?

Começando o reparo, é necessário decidir no orçamento futuro. É necessário levar em conta o custo do designer, a compra de materiais de construção, bem como o pagamento dos construtores. Mas não importa o quanto você calcule sozinho, quaisquer despesas imprevistas aparecem constantemente. E eles compõem cerca de 20-30% do custo. E, para reduzir custos desnecessários, você deve primeiro fazer uma estimativa (cálculo preliminar do custo de conserto da sala), que calculará a quantidade de trabalho e a quantidade de material de construção necessária. Quanto mais detalhada for a estimativa, melhor. O custo de ferramentas de trabalho não deve ser incluído na estimativa, uma vez que qualquer equipe que se preze trabalha com sua ferramenta. As estimativas devem ser cuidadosamente estudadas e assinadas pelo cliente e pelo artista.

Uma coisa é compilar e verificar uma estimativa e outra coisa para torná-la verdadeira. Atualmente, existem muitas maneiras de enganar os clientes. Aqui estão alguns deles:

Exagerando o custo do trabalho de construção. O custo indicado na estimativa é superior ao valor médio de mercado.
Indicação de quantidades incorretas de trabalho. Os volumes indicados na estimativa são maiores que os reais.
Falha do trabalho especificado na estimativa.
Desempenho insatisfatório no trabalho.
O uso de materiais em excesso não listados na estimativa.
Exagerando o custo de materiais de construção.
Uso de materiais mais baratos.

E assim por diante ...

Conclusão: é necessário fazer um plano (desenho) das premissas futuras, para fazer uma estimativa do reparo. Com esta documentação, você tem a oportunidade de realizar um concurso público. Escolhendo uma organização de construção, leia atentamente o contrato e, se necessário, faça acréscimos. O contrato deve refletir não apenas o trabalho de construção, mas também os prazos e a responsabilidade do empreiteiro. No processo de reparo, monitore sua produção e aceite razoavelmente os resultados do trabalho.

Assista ao vídeo: OLHA SÓ O QUE ACONTECEU COM ESSA CONSTRUÇÃO EM PERNAMBUCO (Dezembro 2019).

Loading...

Deixe O Seu Comentário